Esta intervenção compreendeu o acesso viário, desde a zona do futuro Porto de Pesca de Tavira até ao cais de embarque das Quatro Águas e visou melhorar as condições de mobilidade da população. O projeto previu o ordenamento da circulação e do estacionamento automóvel, a par de uma melhoria das condições para a circulação de transportes públicos, dotando o espaço de estruturas adequadas para o embarque e desembarque de passageiros. Além de nova vegetação, novos pavimentos e execução de uma ciclovia e passeio pedonal foram recuperadas as margens erodidas do rio Gilão instalado novo mobiliário urbano e equipamento, iluminação pública, sinalização informativa, interpretativa e pedagógica.

Local: Tavira