A Vibeiras concluiu a requalificação da Praça 1.º de Maio e Largo do Guitarrista, que tinha como grande objetivo “recuperar um espaço histórico” na localidade do Montijo.

Os trabalhos da Vibeiras envolveram demolições, desmontes e remoções, drenagens, cantarias, pavimentos, serralharias, pinturas, equipamento, arquitetura paisagista, remodelação da rede de abastecimento de água, infraestruturas de eletricidade, rede de rega, sinalização e acompanhamento arqueológico.

A Praça 1º de Maio consistia num encontro furtuito entre circulação viária de grande tráfego de saída da cidade, acesso ao Hospital e paragem de automóveis, autocarros e táxis.

O projeto vem devolver ao uso pedonal grande parte da área da Praça, fomentando a permanência dos cidadãos, viabilizando e criando motivos de atração para uma utilização coletiva do espaço público, nomeadamente pelo comércio e limitando a circulação automóvel.